Criança é brutalmente assassinada e jogada de segundo andar de imóvel em MG

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

O assassinato brutal de uma criança de apenas seis anos chocou a população de Divinópolis, na Região Centro-Oeste de Minas Gerais, após a revelação do fato na madrugada desta sexta-feira (09).

A garota desapareceu na tarde de ontem e seu corpo foi encontrado já na madrugada de hoje com sinais de estrangulamento e cortes pelo corpo.

De acordo com a Polícia Militar, por volta das 17h os familiares da garota acionaram os militares informando seu desaparecimento no Bairro Lagoa dos Mandarins. Policiais e bombeiros iniciaram uma varredura pela região na tentativa de localizarem a garota. O bairro fica próximo à MG-050, segundo a PM.

Ainda segundo a PM, moradores de uma residência que fica perto da casa da garota ouviram, em seu quintal, um estrondo por volta de meia noite, já no início da madrugada de hoje.

O corpo da criança foi encontrado, já sem vida, caído no local. A PM informou que o corpo tinha vários corte e sinais de estrangulamento.

Em uma terceira casa, que é um sobrado vizinho do lote onde a criança foi achada morta, foram encontradas as roupas da garota, além de marcas de sangue.

A suspeita do crime teria um atrito com a mãe da vítima, uma menina de apenas seis anos que, possivelmente, foi estrangulada e depois jogada do segundo andar de uma casa.

Apontada como autora do homicídio, Sara Maria de Araújo, de 38 anos, foi ouvida e afirmou que a morte da criança foi um acidente.

Versão contestada pela Polícia Civil, que a prendeu em flagrante por homicídio qualificado e fraude processual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *